A Polícia Civil de Farroupilha está investigando o caso de um crânio humano usado em um ritual no Cemitério Nova Vicenza, em Farroupilha. Conforme o responsável pelas construções das capelas e túmulos, Luiz Antônio Muller, ele teria sido retirado de um ossário que foi violado no local. 

Segundo ele, trata-se de uma pessoa ligada à família de Carlos Mário Paese, cuja a ossada veio de Santa Maria para Farroupilha. 

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia na manhã desta segunda-feira, 12, onde foi aberto um inquérito de vilipêndio de cadáver e violação de sepultura. O crânio foi recolocado no ossário.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!