A deputada estadual Francis Somensi recebeu recentemente uma comitiva de professores que reivindicou para que ela seja contra o novo plano de carreira proposta pelo governo Eduardo Leite.

As medidas estabelecidas pelo governador modificam carreiras, revogam benefícios e aumentam a contribuição previdenciária da parte do funcionalismo.

Francis, em entrevista à Spaço FM, declarou que o estado está falido, com uma dívida histórica e impagável, e que não existe outra forma de solucionar alguns problemas do Rio Grande do Sul sem a realização de ajustes por parte do governo.

Francis ouviu a reivindicação dos docentes, mas deixou claro seu apoio ao pacote. "Do jeito que está, tá bom?”, questionou. Ela acredita que o governo deverá rever as propostas que estão no projeto, principalmente aquelas ligadas ao magistério, pois há uma pressão por parte dos deputados da base que estão solicitando esses ajustes.

A parlamentar esclareceu que os outros poderes deveriam ajudar o estado, realizando cortes e gerando economina, e lamentou que alguns poderes são intocáveis, entre eles o Judiciário.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!