O presidente da República, Jair Bolsonaro comentou em vídeo postado nas redes sobre a atual situação da Petrobras e as constantes altas nos preços dos combustíveis.

Conforme o presidente, não se sabe qual a margem de lucro dos postos de combustíveis, nem quanto se paga na distribuição. "É uma caixa preta", alertou.

Ele salientou que tem locais do Brasil onde os postos de combustíveis estão nas mãos de gente que faz parte de organizações criminosas e que o governo tem que encontrar uma solução imediatamente para acabar com isso. Bolsonaro ressaltou que em seu governo o que não falta é coragem para enfrentar o problema. “Não vai nos faltar coragem para decidir e buscar o que é certo”, relatou

Para ele, os combustíveis deveriam ser pelo mínimo 15% mais baratos se todos os órgãos estivessem funcionando e citou como exemplo a fiscalização da Petrobras, Ministério das Minas e Energia, Receita Federal, Inmetro, entre outros. "O pessoal aumenta o preço do combustível e atira para o presidente da República”, comentou.

Bolsonaro esclareceu que isso vai mudar, retirando quem está a frente da Petrobras, relatando que é inadmissível que o presidente da autarquia e sua diretoria estejam em casa desde março do ano passado. "Não dá para governar, estar a frente de uma estatal dessa forma”, observou.

Bolsonaro garantiu que a aprovação do nome do novo presidente da Petrobras, indicado por ele, dará uma nova dinâmica e que não haverá nenhuma interferência do governo federal, mas haverá transparência e previsibilidade.

Deixe o seu comentário!