O deputado federal Giovani Cherini, em entrevista a radio Spaço FM, confirmou a filiação do ministro do Trabalho Onyx Lorenzoni no Partido Liberal e a pré-candidatura do Ministro ao Governo do Estado. Além de Onyx, outros deputados estão dispostos a fortalecer a sigla, como Bibo Nunes, Ubiratan Sanderson, Nereu Crispim, Marcelo Brum e Marlon Santos.    

Referindo-se a próxima eleição, Cherini afirma que haverá uma grande depuração política. “Eu sou originário da agricultura, e posso afirmar que o Bolsonaro não é o melhor adubo, mas com certeza o melhor pesticida”, frisou. Cherini reforça o resgate da família, que segundo ele, a esquerda política dividiu as pessoas: o negro contra o branco, o hetero contra o homossexual, o pobre contra o rico, o filho contra a família.    

Questionado sobre a atuação de mando dos Ministros do Supremo Tribunal Federal – STF, Cherini é categórico em atribuir a culpa aos partidos minoritários da esquerda, que ao perder nas votações no Congresso recorrem ao judiciário.  “O STF age ao ser demandado, mas é tendencioso, e faz militância política. Nós queremos que os Ministros do Supremo tenham visão republicana, que não sejam nem Bolsonaro, nem Lula, mas sim que respeitem a Constituição, o que não está ocorrendo”, concluiu.

 

Deixe o seu comentário!