O vereador Rafael Bueno garantiu que o impeachment contra o prefeito de Caxias do Sul será aprovado. Durante entrevista à Spaço FM no Panorama desta quarta-feira, 18, ele explicou os motivos de sua opinião.

Bueno acredita que esse processo está amadurecendo desde o momento em que Guerra assumiu o cargo em 2017 com falta de diálogo com as associações de bairros e entidades. “Eu tenho certeza que dos 23 veereadores que nós temos, somente a bancada do PT, que em reunião, votou ao contrário. Hoje nós temos garantidos os 16 votos para a cassação do mandato de Daniel Guerra”, opinou.

O legislador destacou que hoje a cidade está parada, sem arrecadação de impostos e as calçadas e paralelepípedos do municípios já estão há mais de oito meses sem receber manutenção.

Ele ressaltou que o prefeito sairá pelas portas dos fundos juntamente aos seus Cargos em Comissão (Ccs), familiares, amigos e “compadres”. Bueno afirmou que os servidores estão sendo proibidos de acessar os canais de comunicação da imprensa.

O documento de impeachment indica pontos como a proibição da utilização da Praça Dante Alighieri para a bênção dos freis Capuchinhos e a Parada Livre, além de supostas irregularidades na decisão de fechamento do Pronto Atendimento 24 horas. O processo será votado na Câmara de Vereadores nesta sexta-feira, 20, às 9h.

 

Leia Também

Deixe o seu comentário!