O vereador Arielson Arsego declarou que a Ecofar está sendo má administrada. Ele ressalta que o trabalho de fiscalização vem sendo feito e questiona os gastos da empresa, além de não concordar com projetos para a compra de equipamentos para a Ecofar. “O dia a dia na rua é lixo, contêiner transbordando, tudo quebrado, mato para tudo que é lado na cidade”, comentou. Para o vereador a despesa é grande e se vê pouco resultado. Arsego também salientou que há três caminhões quebrados e alguns são de empresas de fora de Farroupilha.

OBRAS

O vice-prefeito Pedro Pedrozo divulgou na última semana uma lista de obras que devem ser feitas ao longo deste ano no município. Arsego opinou que espera que as iniciativas realmente saiam do papel, mas destaca que, se a administração conseguir financiamento, o próximo prefeito irá acabar pagando. Além disso, ele destacou que não se pode esquecer o trabalho realizado pelo PMDB. "Não dá para querer fazer uma obra e menosprezar o que os outros fizeram", pontuou.

ABASTECIMENTO DE ÁGUA

Outro assunto bastante debatido na sessão da Câmara de Vereadores da última segunda-feira, 19, foi o abastecimento e a qualidade da água em Farroupilha. Para Arsego a questão está sendo tratada com sensacionalismo, já que não existe problemas de saúde com a população relacionados a água. 

Confira a entrevista no áudio abaixo:

 

Áudios

Deixe o seu comentário!