Os vereadores de Farroupilha comentaram sobre a poluição visual no município. Os parlamentares Deivid Argenta (PDT), Glória Menegotto (Rede), Jonas Tomazini (MDB) e Sedinei Catafesta (PSD) foram ouvidos pela reportagem da Spaço FM e salientaram que é necessário fazer cobrança às empresas responsáveis pelos postes.

Argenta destacou que é um problema sério, embora muitas vezes passe despercebido. Segundo ele, há fios que estão arrebentados e que não estão mais sendo ocupados. “Causam perigo e insegurança, porque muitas vezes a gente não sabe qual está funcionando e qual não está”, explicou.

Conforme Glória, é preciso haver uma fiscalização maior para que a lei municipal permita a cobrança do município às empresas detentoras do domínio dos postes. “Eu como vereradora, eu cobro isso e me preocupo com isso. O que não é feito é lá na administração, na hora que tem que ser resolvido o problema”, destacou.

Tomazini ressaltou que quem deve fazer a cobraça é o poder público da cidade. Ele informou que fez um pedido para a Rio Grande Energia (RGE), que fez uma notificação para as empresas que utilizam os postes. “O prazo acabou no último domingo, dia 27. Com isso, a gente solicitou que seja resolvido de uma vez, mas não temos o retorno definitivo”, pontuou.

Catafesta também explicou que a lei em questão foi da autoria de seu gabinete, mas de acordo com o vereador, a lei não está sendo cumprida. “Outras cidades grandes hoje já estão trabalhando a parte de cabeamento subterrâneo. Tudo tem um custo, mas é uma única vez. Tem que ter o pontapé inicial para a tomada de decisão”, sugeriu. A pauta foi sugerida pelos ouvintes e a Spaço FM comprovou os fatos em uma ronda pela cidade.

OUÇA OS ÁUDIOS ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!