A vereadora, Glória Menegotto (Rede Sustentabilidade), afirmou em entrevista à Spaço FM que orientou o prefeito, Claiton Gonçalves (PDT), a desfazer a compra de terrenos apontados em pedido de impeachment. O documento foi protocolado pela segunda vez na manhã desta quarta-feira, 12, com as correções apontadas pela procuradora da Câmara de Vereadores, Viviane Varela.

A parlamentar deixou claro que são quatro terrenos adquiridos para a construção do Hospital do Amor. “O processo está correto. Sempre tem aqueles que querem dizer que tudo está errado. Agora tudo está errado. Ele comprou o terreno, onde ele gostaria de iniciar uma obra, o Hospital do Amor, onde cuida da Oncologia”, explicou.

Glória ainda destacou que a Lei Federal número 8.666/93, também normatiza a compra de imóveis, e a Lei Organica de Farroupilha, que obriga o gestor a consultar a Câmara de Vereadores não pode ter mais importância que uma lei da esfera nacional.

De acordo com a vereadora, o prefeito está analisando se desfaz o negócio.“Eles estão avaliando para ver se vão fazer essa devolução”, concluiu.

OUÇA O ÁUDIO ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!