Os vereadores de Farroupilha lamentaram e não pouparam críticas sobre a decisão do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, de manter a Serra Gaúcha com a bandeira vermelha no sistema de distanciamento social em decorrência da covid-19. A classificação determina o fechamento do comércio e serviços que não sejam essenciais.

Em entrevista à Spaço FM, eles não concordam com o decreto, que atinge também Farroupilha, justificando que a cidade está fazendo o dever de casa no quesito segurança e não merece esse atendimento por parte do governador.

A reportagem ouviu ainda alguns comerciantes, que também não concordaram com a decisão de Leite. Para eles o comércio deve manter as portas abertas para que a economia gire no município, caso contrário, o emprego de muitos trabalhadores estará em jogo. "Nós estamos obedecendo todos os critérios exigidos pelo comitê de saúde, nos protegendo e protegendo nossos clientes", comentou um dos entrevistados.

Confira abaixo na galeria de áudios

Áudios

Deixe o seu comentário!