O prefeito de Farroupilha, Claiton Gonçalves (PDT) viajou a Brasília nesta segunda-feira, 20, e a audiência do processo de impeachment foi cancelada pela terceira vez. O objetivo da viagem é angariar recursos para construir um hospital de campanha no município. Ele deverá retornar na próxima sexta-feira, 24.

LEIA MAIS 

Defesa do prefeito de Farroupilha apresenta atestado médico e audiência de impeachment é transferida pela segunda vez

Segundo o presidente da comissão processante, Fabiano Piccoli (PSB), a agenda de Gonçalves está marcada para quarta-feira, 23, com o deputado federal Pompeo de Mattos (PDT).

O cargo de prefeito ficou vago, já que Gonçalves não transferiu a função ao seu vice, Pedro Pedrozo (PSB). De acordo com a legislação, há possibilidade do município ficar sem gestor por um período de cinco dias.

Não há informações sobre o próximo passo da audiência, uma vez que o jurídico da Câmara de Vereadores fará uma orientação sobre o que será feito.

 

 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!