Todos os vereadores receberam as notificações da sessão extraordinária e a votação final do processo de impeachment contra o prefeito Claiton Gonçalves (PDT) foi confirmada para esta sexta-feira, 15, a partir das 13h.

Cerca de de 400 páginas serão lidas na sessão com tempo para todos os parlamentares se manifestarem. O prefeito Claiton Gonçalves terá duas horas para apresentar sua defesa e a previsão de término da sessão extraordinária é durante a madrugada deste sábado, 16.

O relator do terceiro processo de impeachment, Sedinei Catafesta (PSD), indicou a cassação de Gonçalves em três itens dos quatro apresentados pelos autores. A nomeação de um fiscal do município para atuar em função privativa de advogado, ilegal suplementação de crédito de R$ 10 mil para R$ 890 mil e a aquisição de terrenos sem autorização do Legislativo foram motivos considerados procedentes à cassação.

Deixe o seu comentário!