A série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Farroupilha ouviu o postulante ao cargo máximo do município, Sedinei Catafesta (PSD), durante o programa Fim de Expediente desta quinta-feira, 29. Ele respondeu as principais perguntas dos ouvintes e outras elaboradas pela Rádio Spaço FM. Nesta terça-feira, 27, Pedro Pedrozo (PSB) participou da conversa e nesta quarta-feira, 28, Fabiano Feltrin (PP).

ACOMPANHE A ENTREVISTA EM VÍDEO 

 

Confira os principais pontos da entrevista

Quem é Sedinei Catafesta?

Esse que fala com vocês é um jovem que nasceu lá em Nonoai em 1984, filho de agricultor, Jair e Juraci Catafesta, irmão do Nando e Neila Catafesta. Filho de agricultores que sabem o quanto é sofrido estar na lavoura, estar lá na produção, abaixo do sol, da chuva. Esse é o Catafesta, que veio para Farroupilha em 2002, após vários acontecimentos trágicos na minha vida que muitas pessoas já tiveram acesso através do livro que eu fui autor, Reservas do Destino. Em Bento Gonçalves eu perdi minha mãe assassinada. Meu pai na diferença de um ano morreu em um acidente de carro e aqui estou eu neste momento disputando uma eleição, na cidade que me acolheu, acolheu meus dois irmãos. Viemos para cá como tantas pessoas vêm, em busca de uma vida melhor, onde Farroupilha acolhe os imigrantes de todos os cantos do Rio Grande e desse Brasil abençoado. Trabalhei na Fras-le, em restaurante, mercado, em guincho e sempre lutando para pagar a minha faculdade, o qual sou hoje formado em administração de empresas. Esse jovem que tem hoje a formação em gestão pública é o que todos os que desejam ser prefeitos do município deveriam ser formados. Formado em gestão pública para saber como lidar com o recurso e aplicar o recurso certo naquela área. Também sou formado em gestão hospitalar com ênfase em saúde pública. A minha vida nunca foi dada, eu não nasci em berço de ouro, foi lutando que eu conquistei o que a gente tem hoje. Também nesses trabalhos entre o Hospital São Carlos, que muitos me conheceram na portaria do hospital, que tantas conversas a gente teve com a nossa comunidade, em um momento de dor, que as pessoas estão ali com seus familiares.

Como foi a sua entrada na vida política?

Sempre procurei ser uma pessoa correta, ética e um ser humano, eu sempre me coloquei junto ao próximo para que aquele meu atendimento, aquela minha atenção pudesse ser a melhor, naqueles momentos que tu precisaste estar lá visitando o seu familiar. Foi ali que eu vi a necessidade da comunidade, foi ali que despertou o interesse pela política, de poder fazer mais pela nossa comunidade, foi ali que o Catafesta saiu como candidato, sendo o 5º mais votado do partido na época e levando também comigo mais dois colegas pela minha votação. Aí a gente vem se destacando na política, fazendo o bem, projetos, sou autor de centenas de requerimentos, de Projeto de Lei, moção de repúdio, de apoio. Pessoas que hoje vão lá nas agências bancárias, as divisórias que têm ali para dar proteção para você enquanto está falando com o caixa é projeto do Catafesta. O teste da orelhinha, o teste da linguinha, recursos para o hospital.

Quais são as suas propostas para a comunidade?

Nós ouvimos a comunidade, nós conversamos com a comunidade e colocamos em 24 páginas, que está à disposição da comunidade, no site oficial da justiça eleitoral este plano, que contempla todas as áreas, especialmente a saúde. É tão bom este plano, ouvintes, que os nossos adversários estão copiando as nossas ideias. Copiam a parte da segurança, a parte da habitação, as creches, sim, a gente vai colocar em tempo integral a creche hoje que tem um período de 45 dias de férias, nós vamos fazer um rodízio para que as mães possam voltar a trabalhar e o pai também e as crianças possam continuar a serem cuidadas nesse período de férias. A parte da segurança que nós vamos colocar as câmeras de vigilância, sendo monitoradas pela Guarda Municipal (GM), que você possa colocar à disposição a sua, na empresa, na casa, também o adversário está copiando. Abrir o posto 24 horas também é projeto do Catafesta, o posto lá para o Industrial está no nosso plano. Por que não copiaram que vão abrir mão do salário de prefeito, metade do salário? Falam que vão reduzir a máquina pública, falam, mas não tem. Entre copiar e saber quem vai fazer, quem vai executar tem uma diferença bem grande. Quando falam que vão diminuir o número de aluguéis no município, isso é inverdade. Por que? É difícil tu cortar o aluguel de quem é filiado do partido do fulano tal. Ontem (quarta-feira, 28), o Fabiano disse que vai cortar e hoje (quinta-feira, 29) tive acesso ao plano de governo, um material que chegou até a minha residência, aí diz que vão reduzir gradativamente, pois é, no dia 12/12/2020 ali no Centro Administrativo e no Centro de Atendimento ao Cidadão (Ceac), vai sair do bolso do contribuinte, falta R$ 42 para R$ 3 milhões, que você pagou pelo aluguel. Aí a gente vai abrir o relatório de tantos outros apadrinhados, colegas.

Na sua campanha tem o slogan 'Chega dos mesmos'. Quem são os mesmos?

Os mesmos que estão, que já estiveram, os mesmos que a comunidade já sabe o que fizeram ou não fizeram. Os mesmos que prometeram loteamento popular, que não saiu. Os mesmos que se passaram oito anos e não fizeram nada para as invasões. Os mesmos que já estiveram no poder, inchando a máquina pública, os que querem voltar para o poder. Esses são os mesmos, que já foram. O prefeito atual é o mesmo, o que quer ser candidato já foi vice. Quero que vocês entendam, esta é a oportunidade única da comunidade, vir participar de um governo. Um governo que nós estamos construindo, aonde não terá apadrinhamento político nos cargos. Os cargos serão para vocês. A partir de 16 (dia 16 de novembro), pode enviar o seu currículo. Nós vamos precisar de vocês para trabalhar por critérios técnicos. Precisamos secretário de Finanças, de recepcionista. Nós vamos precisar de vocês, claro, depois que nós enxugarmos os cargos pagos hoje.

Qual é o projeto para reabertura das escolas municipais em 2021?

Sim, nós estamos muito preocupados, como vamos retomar, nesse tempo, nesse período de pandemia não trabalhado de fato na sala de aula. Falando com o nosso candidato em Canoas, o Jairo Jorge, a ideia é ter em Canoas um reforço escolar. Ele me falou: Tem que ter reforço escolar, chamar para uma conversa os professores, os diretores e vocês juntos montar, porque tem aluno que não está estudando. Tem aquele que não está se dedicando tanto e poderá ficar com atraso no aprendizado. A secretária de Educação que vai ter a missão, junto ao Catafesta prefeito e o vice Vilas-Bôas, para recuperar o tempo.

Última entrevista

Na última conversa individual com os candidatos será ouvida Glória Menegotto (Rede), no Fim de Expediente desta sexta-feira, 30.

Deixe o seu comentário!