O Fim de Expediente desta segunda-feira, 2, ouviu os candidatos a vice-prefeito de Farroupilha. O segundo a ser entrevistado foi Darci Levis (Psdb) que compõe a chapa com a candidata a prefeita Glória Menegotto (Rede).

ASSISTA A ENTREVISTA EM VÍDEO

CONFIRA OS PRINCIPAIS PONTOS DA ENTREVISTA

Quem é Darci Levis?

Darci Levis é uma pessoa que nasceu aqui em Farroupilha, no Hospital São Carlos, em 12 de setembro de 1979, que sempre morou aqui, nesses 41 anos, e teve algumas experiências que eu considero importantes fora daqui e que se estas experiências forem usadas aqui, elas sempre poderão contribuir para a nossa cidade.
Eu comecei aqui entregando jornais, no Jornal O Farroupilha, quando o jornal era ali na casa onde teve o Casarão, ali perto da prefeitura e depois eu assinei carteira com 13 anos nos Calçados Enry, do outro lado do asfalto, ali eu fiquei por sete meses, depois eu fui para a Soprano, fiquei um ano e 11 meses mais ou menos, sai em 95, trabalhei como carteiro, um ano de estagiário, eu entregava correspondências de quem mora em parte do Pio X, começava ali na Pedro Grendene, esquina com a Borges de Medeiros, Silveira Martins, toda esta parte do Pio X, Volta Grande, Santo Antônio, Primeiro de Maio. Depois disso eu fui trabalhar na Alessi como tecelão, inicialmente indústria têxtil, eu fiquei lá por quatro anos e 11 meses e depois eu me tornei supervisor de produção deste setor têxtil. Lá mesmo eu comecei a fazer a minha graduação de física e depois, antes mesmo de me formar em 2001, eu comecei a lecionar no São Tiago, onde eu estudei a minha vida inteira, isto foi até 2004, depois eu comecei a lecionar no Estadual Farroupilha, depois no Colégio Nossa Senhora de Lourdes, onde fiquei até 2008. Em 2004 eu também comecei a lecionar no Colégio Nossa Senhora Medianeira de Bento Gonçalves, que é a mesma rede do Nossa Senhora de Lourdes. Aí então eu fui para o pré-vestibular do Mutirão como professor, em Caxias, e em Montenegro. Depois no Colégio Mutirão em Caxias e depois eu concluí um mestrado em computação em 2007. Aí me credenciou para eu lecionar na graduação e eu lecionei na Ftec em Bento. Meu mestrado eu fiz na Unisinos, eu ia de ônibus até lá, em São Leopoldo. Depois em 2009 eu trabalhei na prefeitura de Farroupilha e neste período, se a gente pesquisar, antes de 2009 praticamente não se tem notícia de dinheiro vindo para Farroupilha, dinheiro externo, dinheiro federal, dinheiro de emendas parlamentares vindos para Farroupilha. Em 2009 eu tive esta função de buscar dinheiro para Farroupilha até 2012 e neste período de quatro anos eu busquei R$ 54 milhões, tudo dinheiro de fora da prefeitura. Só pra termos uma ideia disso, hoje estas obras que a Corsan realiza aquela adutora nova que veio de Nova Sardenha, a primeira estação de tratamento de esgoto que nós vamos ter aqui que está sendo construída lá no bairro Santa Catarina, a obra do bairro Cruzeiro, o reservatório que está sendo feito aqui no bairro São Luiz, onde já tem um reservatório da Corsan que está sendo feito, um do lado que a Corsan adquiriu um terreno e está construído, para que não tenha mais problemas de falta de água no nosso município. Hoje, 2020, estas obras que a Corsan está realizando, ela está usando dinheiro conquistado por mim em 2010, 10 anos atrás. Então eu fico muito feliz por isso, porque até hoje, 10 anos depois, ainda estão sendo realizadas obras com dinheiro que eu conquistei neste período de 2009 a 2012. Depois disso e por causa disso eu fui convidado para trabalhar em Canoas como secretário de Captação de Recursos e lá eu trabalhei de janeiro do ano passado até maio deste ano, onde lá nós buscamos R$ 330 milhões para aquela cidade e lá a diferença também é que estava eu e mais 23 pessoas e eu como secretário. Para ressaltar a importância de buscar dinheiro fora, de ter alguém focado nisso o tempo inteiro e uma equipe focada nisso, nestes 16 meses trabalhando em Canoas eu fui 16 vezes a Brasília e eu gastei entre aspas da prefeitura R$ 58 mil com passagens e hospedagem e nós captamos R$ 333 milhões em 16 meses, é um baita negócio, um baita investimento, para captar R$ 333 milhões. Eu só sai de lá em maio porque eu queria implantar este serviço, esta forma de buscar dinheiro aqui. Vindo pra cá depois de maio, eu preciso ressaltar esta questão importante, eu não precisaria sair de Canoas, no sentido de parar de trabalhar em Canoas, mas eu sai de lá em maio para estudar a melhor chapa e colocar à disposição da população da minha cidade que eu amo de Farroupilha que eu nasci e me criei aqui. Eu não tenho nenhuma dúvida que todas as conversas que nós fizemos com todos os partidos, que nós conversamos, a melhor chapa foi esta e agora, por isto que eu estou aqui candidato a vice-prefeito juntamente com a prefeita Glória, a qual eu quero agradecer que ela está comigo e vem me acompanhando.

A administração, caso vocês ganhem a eleição, o teu trabalho vai ser junto com a Glória, vai assumir uma secretaria. E a questão do enxugamento?

Primeiro reduzir secretarias. Eu me proponho a ser o primeiro vice-prefeito que vai trabalhar para você. Nós daremos mais trabalho e menos política, porque nós só temos quatro partidos que são pequenos aqui em Farroupilha e isso nos dá liberdade para contratar você, se for o caso, para trabalhar dentro da prefeitura, independente se você tem partido político ou não. Então a primeira coisa que eu quero fazer, que nós já comentamos com a prefeita Glória, é montar uma equipe semelhante a de Canoas, com a devida proporção para Farroupilha para captar recursos. Estes recursos envolvem todas as secretarias e este é o primeiro ponto. O meu trabalho vai ser 24 horas dentro da prefeitura ou lidando com questões que envolvem a prefeitura para que as coisas andem junto com a prefeita Glória. Então, por exemplo, coisas que eu gostaria de comentar, nós queremos criar um programa, nós precisamos recuperar a economia e antes de trazer empresas de fora, nós queremos criar um programa para pagamentos de juros de financiamentos de empresas, e aí a gente vai definir um regramento bem objetivo, por exemplo, as empresas que estão há um ou dois anos em Farroupilha, elas vão contratar um financiamento com bancos conveniados com a prefeitura, a prefeitura irá pagar os juros desde que a empresa aumente o número de funcionários.

Qual é o objetivo principal na saúde?

Reduzir, fazer mutirões para reduzir. Nós estamos ouvindo muitas reclamações, que exames estão demorando muito para fazer. Pessoas que recebem ligações para fazer e a pessoa já morreu. Muitos casos assim. Cirurgias três, quatro anos de espera, estamos ouvindo muito isso. Então vamos fazer mutirões de cirurgias eletivas, mutirões para exames e também vamos colocar um aplicativo para agendamento de consultas para acabar com este problema do 0800.

Candidato a vice do PSD

O candidato a vice-prefeito, Leonardo Vilas-Bôas Conceição (PSD), que compõe a chapa com Sedinei Catafesta (PSD) não compareceu no Fim de Expediente, pois alegou que tinha compromissos particulares.

Deixe o seu comentário!