A pré-candidata à presidência da república, Marina Silva (REDE), concedeu uma entrevista por telefone para o apresentador Rogério Portolan durante o Fim de Expediente desta terça-feira, 10. Ao longo do programa ela comentou que na pré-campanha eleitoral pretende chegar até as pessoas por meio de conversas em programas de rádio, TV e na internet, fazendo com que a população conheça as propostas. Suas prioridaeds são tirar o Brasil da crise, buscar a recuperação de empregos, saúde e segurança pública. Marina destaca que é possível resolver esses problemas e ao mesmo tempo combater a corrupção. "Eu acredito que a mudança não vai vim dos grandes partidos, porque aqueles que criaram o problema não vão resolver o problema. O PT e o PSDB já tiveram suas chances, agora é a hora de dar uma chance para a sociedade fazer a mudança", opinou. A pré-candidata também acredita que os partidos tradicionais se desviaram do propósito inicial e hoje só discutem o poder, deixando de lado assuntos que realmente interessam. Em relação a prisão de Lula ela salienta que a lei deve ser igual para todos. Por fim, Marina critica o foro privilegiado e explica que hoje existem mais de 200 deputados e senadores sendo investigados, que não estão sendo punidos porque eles têm uma lei específica para protege-los.

A Spaço FM realizou uma enquete com os possíveis candidatos a presidente da república brasileira e Marina Silva liderou obtendo 49,94% dos votos dos participantes. Confira abaixo todo o resultado.

Total de votos: 845
49,94% - Marina Silva (REDE)
38,34% - Jair Bolsonaro (PSL)
5,56% - Manuela D'Ávila (PCdoB)
3,43% - Joaquim Barbosa (PSB)
1,07% - Ciro Gomes (PDT)
1,00% - Geraldo Alckmin (PSDB)
0,47% - Fernando Haddad (PT)
0,24% - Michel Temer (MDB)
0,00% - Guilherme Boulos (PSOL)

Áudios

Deixe o seu comentário!