O advogado Marco Tulio Aguzzoli, da coligação Garibaldi Mais Feliz (PP, PSL e PSB), a qual elegeu o prefeito Alex Carniel e o vice Sérgio Chesini, ambos do PP, em contato com a Spaço FM, comentou sobre a manifestação da Procuradoria Eleitoral Regional e não teme pela cassação do prefeito e vice de Garibaldi.

Aguzzoli esclareceu que se tratam de duas ações movidas pela coligação Garibaldi no Caminho Certo (PDT, PTB, MDB, PL, DEM, PSD e PC do B), que foi adversária da coligação vencedora das Eleições Municipais 2020, Garibaldi Mais Feliz (PP, PSL e PSB).

A primeira ação foi movida antes da diplomação e a segunda após a diplomação dos candidatos vencedores do pleito.
Os processos tramitaram em Garibaldi e ambas ações foram julgadas improcedentes pelo Juiz que analisou não somente os fatos, como também as provas imediatamente após elas aportarem aos processos.

Conforme o advogado, após esta análise, o juíz não vislumbrou nenhuma ilegalidade. Ilegalidade, que também não foi identificada pelo Ministério Público local em seu parecer.

Com a sentença de improcedência das ações, a coligação Garibaldi no Caminho Certo (PDT, PTB, MDB, PL, DEM, PSD e PC do B) apresentou recurso e o processo atualmente se encontra no Tribunal Regional Eleitoral.

Nestes processos, faz parte do procedimento o Procurador Regional Eleitoral se manifestar via parecer e foi o que ele fez. “Eu analiso de maneira absolutamente natural a manifestação, tendo em vista que a Procuradoria Regional Eleitoral também pediu a cassação do mandato em Santa Vitória do Palmar, Entre Rios, Nova Palma, Tramandaí, Vista Alegre, entre outros”, salientou.

Ele enfatizou que respeita o parecer do Procurador Regional Eleitoral, emitido pelo Dr. Fábio Nesi Venzon, mas que confia na manutenção da decisão prolatada pelo Poder Judiciário no julgamento que deverá ocorrer nos próximos dias.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!