O secretário de Desenvolvimento Rural de Farroupilha, Rudmar Élbio da Silva, em entrevista à Spaço FM, esclareceu sobre as rodas de conversas que circulam na cidade de que teria assumido a pasta para não ir para a Câmara de Vereadores e ser voto contrário ao Executivo Municipal.

Segundo o secretário, ele aceitou o desafio, não por dinheiro, mas por uma questão de oportunidade para mostrar para a população um projeto diferente. "Não fui moeda de troca”, declarou.

Quanto às conversas de que ele trocaria de partido por não concordar com a administração municipal, Rudi admitiu que estava magoado e que quando foi secretário de Meio Ambiente, nunca teria cometido nenhuma infração, pois sempre primou pela legalidade e por isso merecia ter mais oportunidades dentro da administração.

Ele esclareceu também que sua esposa jamais trabalhou na prefeitura, explicando que a mesma atualmente trabalha na iniciativa privada.

Rudi foi eleito vereador na última eleição, mas optou por exercer cargos no Executivo à pedido do prefeito Claiton Gonçalves.

Ouça no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!