O político Antonio Feldmann, que havia entregado uma carta ao MDB abrindo mão de sua candidatura, se filiou ao PSD. Ele assinou a ficha na última segunda-feira, 2, em Caxias do Sul, e destacou que um dos motivos que fez com que ele optasse pelo Partido Social Democrático foi o estatuto da sigla, seus princípios e valores. O que mais chama a atenção de Feldmann é o item que descreve o partido como intransigente na condenação e denúncia pública da corrupção. "A corrupção é serial killer, é assassina de sonhos de esperança do povo brasileiro", opinou. Ele colocou o nome à disposição como pré-candidato a deputado federal e salientou a importância da população votar em representantes da nossa região para buscar a concretização de projetos e renovação.

Confira no áudio abaixo:

Áudios

Deixe o seu comentário!