O prefeito de Farroupilha, Claiton Gonçalves declarou que agiu de forma intempestiva durante o anúncio da exoneração do secretário de Esporte, Lazer e Juventude, Sedinei Catafesta.

Conforme o prefeito, o vereador Raul Herpich, que está sendo investigado pelo Ministério Público por desviar R$ 1,1 milhão, não deixaria o cargo por orientação de seu advogado e era necessário que o Executivo tomasse uma atitude. "Até que se discutam e que a Justiça se manifeste, o recurso público destinado à Câmara de Vereadores não pode cumprir pagamentos a ninguém que tenha sobre ele o olhar de desconfiança de mais de sete mil pessoas”, declarou.

Ele ressaltou que o ex-secretário assume a cadeira de vereador com a missão de pacificar o Legislativo e de manter o olhar crítico e agregador ao projeto 20-40, que nos próximos dias entrará na casa para análise e aprovação.

Durante a coletiva o prefeito anunciou a secretária de Educação, Elaine Giuliato como titular interina da pasta deixada por Catafesta. Ela explicou que uma série de ações precisam ter continuidade.

Deixe o seu comentário!