As eleições municipais deste ano devem ser transferidas para os dias 15 e 29 de novembro, primeiro e segundo turno respectivamente. O assunto foi pauta na reunião desta terça-feira, 16, entre os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso.

Segundo Barroso, uma junta médica tem aconselhado o TSE a adiar as eleições marcadas para outubro por conta dos riscos de contaminação da covid-19. Para mudar o calendário eleitoral, o congresso precisa alterar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que deverá ser acordada tanto na Câmara, quanto no Senado.

O coordenador da bancada gaúcha no congresso, deputado Giovani Cherini (PL), comentou sobre o assunto e destacou que para as datas serem oficializadas deverão passar pela aprovação da Câmara e do Senado, o que ocorrerá nos próximos dias.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!