O deputado federal Giovani Cherini (PL) afirmou que o momento é de retomas às atividades econômicas, porque os hospitais não ficaram superlotados como algumas pessoas falavam que ficariam.

O parlamentar participou do Fim de Expediente desta quarta-feira, 27. “Tem muita gente que queria o lockdown para quebrar a economia, porque eles têm chance de voltara ao poder. É o vírus mais politizado e ideologizado que o Brasil já teve”, comentou.

Segundo Cherini, seis mil crianças morrerão de fome por mês no país a partir de junho. O político destacou que os hospitais estão em 50% de ocupação no Rio Grande do Sul e cerca de 540 pacientes estão internados com o vírus ou com suspeita.

Ele ainda salientou que há um grupo de esquerdistas e comunistas pensando que o cidadão precisa viver de esmola, mas se as empresas não voltarem a funcionar, o estado não tem como ter arrecadar. “Está na hora de nós voltarmos a trabalhar”, ressaltou.

OUÇA O ÁUDIO ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!