Algumas lideranças empresariais da Serra Gaúcha afirmaram que os filhos do presidente Jair Bolsonaro têm atrapalhado o governo. O ex-secretário municipal do Desenvolvimento Econômico de Caxias do Sul, Carlos Heinen opinou sobre o assunto. “Eles precisam se ater aos seus mandatos e não interferir na vida política do país com desgastes”, pontuou.

O empresário Mateus Bertolini Sonda comentou sobre o atual momento econômico vivido pelo Brasil. "Eu quero que o país vá para frente e que a gente foque em resultados políticos e econômicos. Nós precisamos nos unir”, sublinhou. Ele ainda salientou que a imprensa tem buscado muitas polêmicas do governo. 

O líder empresarial Sérgio Luiz Smidt acredita que precisa dar tempo para o presidente agir. "O crescimento virá de maneira mais consistente. O Brasil vai deixar de ser aquele mercado de altos e baixos, de solavanco, para ser um país de crescimento”, opinou.

O empresário Astor Schmitz também abordou o tema. "Um pouco mais de ponderação por parte dos filhos do presidente ajudaria bastante”, observou.

Recentemente a deputada federal e ex-líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP) afirmou que não poderia defender “moleques” que têm atrapalhado o país. Ela havia dito que as articulações para tirar o delegado Waldir (PSL-GO) da liderança do partido e colocar o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) não são corretas. Apesar disso, Joice declarou estar ao lado do presidente.

Ouça os áudios abaixo 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!