O ex-vice-prefeito de Caxias do Sul, Ricardo Fabris de Abreu sugeriu que Daniel Guerra renuncie a prefeitura antes do processo de impeachment ser julgado. Fabris acredita que o gestor será condenado e terá seus direitos políticos cassados.

Conforme o ex-vice-prefeito, ele não se arrepende de ter renunciado ao cargo. “Não me arrependo de ter renunciado, porque eu não tinha outra opção naquele momento. Eu já vislumbrava que a crise se agravaria e não teria espaço na administração”, pontuou.

Em relação à próxima eleição, Fabris opinou que o perfil de prefeito precisa ser centrado, não segmentando a administração, e que governe para todos. “Eu não vou concorrer a prefeito o ano que vem”, descartou.

Ouça o áudio abaixo 

 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!