O médico urologista Júlio Cesar Sfredo, que participou do programa Spaço Livre deste sábado, 16, aproveitou a oportunidade para explanar sua opinião sobre a cassação do prefeito Claiton Gonçalves. A votação do processo de impeachment ocorreu nesta sexta-feira, 15, no Legislativo. Sfredo acredita que a Câmara de Vereadores fez o seu papel, pois o Hospital São Carlos foi muito prejudicado por essa administração. "Hoje eu como farroupilhense me sinto com a alma lavada. Eu amo Farroupilha e não podia mais aguentar isso que estava acontecendo", desabafou.

O especialista ainda destacou que achava que a área da saúde seria de primeira linha tendo um prefeito médico, mas não foi isso que aconteceu. "A prepotência o levou onde ele está hoje: cassado. Farroupilha vai dar um salto de qualidade com a saída do Claiton", afirmou. Sfredo ainda parabenizou a câmara e se disse satisfeito pelo afastamento de Gonçalves. "Ele quis mostrar que ele poderia dominar as coisas em Farroupilha. Ele agiu como um ditador em muitas coisas. Um ditador tem que ser cassado. Coisas da cabeça dele, delírios. Agora vai ter um tempo para fazer um tratamento psiquiátrico para ver os erros que ele cometeu", declarou.

Por fim, ele comentou que Pedrozo fará um bom resto de mandato, já que tem diálogo, e espera que na próxima eleição seja eleito um prefeito que vise o crescimento da cidade.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!