O vereador de Farroupilha, Arielson Arsego, em recente entrevista para a Spaço FM, criticou o projeto que realiza sessões itinerantes do Legislativo nos bairros do município. Para o político a iniciativa causa despesas desnecessárias e, em suas palavras, não serve para nada. O presidente da câmara, Thiago Brunet, explica que respeita a opinião do colega, mas considera que as declarações são equivocadas, pois a iniciativa dá voz para a comunidade e já trouxe muitos benefícios. Ele afirmou ainda que está satisfeito com o trabalho. "O Arielson é um cidadão muito crítico. Tem na sua essência a crítica pela crítica, nada está bom, nada presta, nada serve. Se a ideia dele é de que não serve para nada, quem vai julgar a palavra dele é a própria população", ressaltou.

"A Câmara de Vereadores ir até os bairros não serve para nada", critica vereador Arielson Arsego

Ao contrário de Brunet, o presidente da União das Associações de Bairros (UAB), Paulo Scariot, expressou sua opinião e concordou com Arsego. Para ele não precisa realizar estes encontros, pois a comunidade pode ir até os vereadores, evitando gasto de dinheiro público. Scariot esteve na primeira sessão que ocorreu no bairro São Francisco e declarou que presenciou pouco resultado e muita política. "Vi claramente uma campanha política aberta. Se o Executivo não conseguir fazer, não vai ser uma reunião com terceiros que vai resolver o problema", pontuou.

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!