O vereador Roque Severgnini (PSB) teceu críticas aos seis primeiros meses do governo Fabiano Feltrin, em Farroupilha. Conforme o vereador, a promessa de campanha que seria do trabalhar mais com menos não está aparecendo, principalmente pelos comentários da população.

Segundo o vereador, há reclamações relacionadas às estradas do interior, postos de saúde, na iluminação pública, na questão do britador da prefeitura, que está sempre quebrado ou em conserto e não fornece britas para as estradas. "Para mim isso não me parece fazer mais, e sim, menos", comentou.

O vereador salientou que a administração passada deixou em caixa mais de R$ 23 milhões e a atual argumenta que já economizou cerca de R$ 5 milhões, o que representa que o município teria hoje R$ 28 milhões para realizar ações que venham em benefício da população, mas isso também não está acontecendo.

Quanto a redução de aluguéis proposta pelo governo Feltrin, o vereador defende a permanência das secretarias no Centro de Atendimento ao Cidadão (Ceac), piois não haveria necessidade de uma nova estruturação para restabelecer todas as pastas.

Severgnini salientou que não percebeu a redução de cargos de confiança e que a atual administração não é somente economizar, mas sim oferecer obras para a comunidade e em várias áreas, principalmente na educação, onde segundo o vereador, os pais estão fazendo uma 'vaquinha' para adquirir recursos e pagar os custos de internet nas escolas do interior.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!