O deputado federal Alcibio Mesquita Bibo Nunes (PSL) participou de uma entrevista reproduzida na manhã desta terça-feira, 22, durante o programa Panorama e comentou sobre a questão das privatizações no país. “Pra quem gosta de mamar no governo, pra eles é um caos privatizar”, declarou.

Para Bibo estas estatais entregam um serviço precário para a população e relembrou o caso das empresas de telefonia. Na época em que atuavam no país era muito difícil e caro ter uma linha telefônica e após a privatização o acesso a este serviço foi facilitado e qualquer pessoa pode ter um aparelho celular. Conforme o deputado, diversas estatais devem ser privatizadas e exemplificou o caso do Banrisul no Rio Grande do Sul. “Agência bancária a cada dia vale menos”, frisou.

O deputado também criticou as colocações de Henrique Fontana sobre Bolsonaro e também opinou sobre a enquete com os possíveis presidenciáveis para as eleições de 2022. Para Bibo a enquete é uma mostra do que teremos no próximo pleito e em muitos municípios o número de rejeição à Lula é muito maior.

Ao final o político explicou que a maioria dos opositores ao atual presidente não sabe o que é genocida e explicou que o termo vem de atos que tem a intenção de destruir uma nação ou grupos éticos. “É um desconhecimento chamar de genocida”, finalizou.

OUÇA A ENTREVISTA NO ÁUDIO ABAIXO

Áudios

Deixe o seu comentário!