O empresário e filiado ao partido Movimento Democrático Brasileiro (MDB) em Farroupilha, Sérgio Luiz Rossi, não poupou críticas ao atual momento em que passa o partido no município. Para o empresário, o MDB é muito grande, mas há algo de errado no comando.

Ele salientou que o partido perdeu duas eleições consecutivas, sendo 2012 e 2016, não conseguiu reeleger o ex-deputado Álvaro Boéssio e nesta última eleição não apresentou candidato a prefeito, tendo de se contentar com o vice na chapa encabeçada pelo partido Progressista com Fabiano Feltrin. “Um partido que não ganha três eleições tem algo errado”, comentou.

Ele admitiu que a política já lhe deu mais ansiedade por um espaço de destaque, mas hoje está tão feliz com a direção do Sindilojas e de sua empresa, que não se sente incomodado. "Se um dia tiver que voltar para a política, voltarei”, ressaltou.

Rossi observa uma falta de comando na direção do partido. "Quando um clube de futebol fica três, quatro, cinco anos sem ganhar um título, significa que há algo errado no comando e na política não é diferente”, argumentou.

Ele ainda opinou sobre a nova administração municipal com Fabiano Feltrin a frente do Executivo e destacou o entusiasmo do prefeito no sentido do diálogo aberto com as entidades e a sociedade.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!