O pré-candidato a prefeito de Farroupilha, Sedinei Catafesta (PSD), em recente entrevista à Spaço FM, ao final da convenção do PSD em que oficializou seu nome para disputar o cargo de chefe do Executivo Municipal nessas eleições, declarou que um dos seus projetos de governo está calcado na segurança pública.

Conforme o pré-canditado, que atualmente ocupa o cargo de vereador, Farroupilha está refém dos marginais.

Após a declaração, o subcomandante do 36º BPM, major Juliano Amaral, se manifestou lamentando a opinião do político e ressaltou que Catafesta não tem conhecimento do trabalho da Brigada Militar e exaltou que Farroupilha é sim uma cidade segura.

Procurado pela Spaço FM, Catafesta reforçou que a Brigada Militar tem deficiência no número de policiais, e questionou a população sobre a segurança pública. “Você se sente seguro ao sair a noite em Farroupilha?”, questionou. 

Apesar disso Catafesta comentou que mantém um bom relacionamento com a Brigada Militar e que em 2017 recebeu um diploma das mãos da tenente Coronel Cristine Rasbold, na época, comandante do 36º BPM, como 'Parceiro da Brigada Militar', por ter sido o proponente da lei “Auxílio Moradia”, que permite que os policiais recebam recursos para permanecerem no município.

Ele destacou que vem de uma família onde muitos de seus parentes são militares e por isso mesmo tem respeito e admiração por esses profissionais, que muitas vezes põem em risco a própria vida em pról dos outros.

Ao final o vereador elogiou o trabalho do subcomandante major Juliano e também da Brigada Militar.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!