O presidente estadual do PT, Pepe Vargas, em entrevista para a Spaço FM, comentou sobre  o número da mortalidade infantil. Segundo o político, em 2002 eram 30 mortes para cada mil crianças. Ele destacou que em 2015, nos governos do PT, este número reduziu para 13 e agora esse índice passou para 14. “Fazia 26 anos que a mortalidade infantil no Brasil não crescia”, comentou.

Ainda relacionado à saúde o petista destacou que existe um corte de gastos no atual governo, o que gera problemas para a sociedade, e exemplificou o caso de falta de vacinas em Bento Gonçalves. “Está com 35% de cobertura vacinal para poliomielite”, enfatizou.

OUÇA A ENTREVISTA NO ÁUDIO ABAIXO

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!