A convenção do Partido Democrático Trabalhista (PDT) oficializou a pré-candidatura de Francis Casali como vice do pré-candidato a prefeito Pedro Pedrozo (PSB). A vice-presidente do PDT, Elaine Giuliato confirmou ruptura na sigla. Lideranças importantes do partido não estavam no encontro como o presidente Thiago Brunet e o ex-prefeito Claiton Gonçalves.   

Elaine vê divisão interna do partido com alguns filiados apoiando a majoritária e outros não com respeito e naturalidade. “Isso faz com que a gente pense no que a gente errou e faz com que esses erros não mais aconteçam no futuro”, realçou.

A vice-presidente salientou que a composição com o PSB na majoritária traz uma empolgação maior para os outros militantes da sigla e, principalmente, para aqueles que são pré-candidatos a vereador no pleito de novembro.

Agora, Casali tem a missão de unir os filiados do partido para as eleições. O político havia colocado seu nome para a disputa de uma vaga no Legislativo, mas decidiu acatar a indicação do PDT para compor a chapa com Pedrozo. O objetivo de Casali é realizar a manutenção do projeto realizado em parceria com PSB nos últimos oito anos. “Eu pude participar efetivamente desse governo, saber todos os seus atos, todos os benefícios que a população teve”, exaltou.

De acordo com Casali, ele tinha vários motivos para não querer concorrer na majoritária, no entanto aceitou o convite por ser um farroupilhense apaixonado pela cidade. “Eu não poderia me furtar deste desafio. Aceitei batalhar neste pleito, porque eu acredito que nós temos, sim, condições de fazer com que a população de Farroupilha seja cada vez mais bem servida”, explicou.

 OUÇA OS ÁUDIOS ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!