Em solenidade no Palácio Piratini na tarde desta quinta-feira, 1º, José Ivo Sartori assume o governo do Rio Grande do Sul, em mandato que seguirá até o final de 2018. Desde que venceu as eleições em outubro do ano passado, o ex-prefeito de Caxias do Sul deixou claro sua preocupação com a situação financeira do estado, afirmando que o quadro é 'muito pior do que pensava'. Chefe de gabinete de Sartori quando administrou a segunda maior cidade do RS, Edsonh Néspolo prega tolerância ao novo governo em 2015, em função do cenário de preocupação com as finanças. De acordo com ele, não é momento para cobranças. Confira entrevista com Néspolo.

Deixe o seu comentário!