O secretário de Finanças de Farroupilha, Benami Spilki, respondeu as declarações do vereador Jonas Tomazini quanto aos números apresentados no Relatório de Gestão Fiscal do quadrimestre de 2018. As críticas do vereador do MDB são pelo aumento na folha de pagamento anualmente, que chega a R$ 20 milhões, e a falta de recursos próprios para investimentos em áreas consideradas essenciais.

Para o secretário os números estão dentro de uma normalidade. Ele afirma que as finanças do município estão em ordem, equilibradas e administradas dentro dos limites que o prefeito determina.

Benami ressaltou que os questionamentos de Jonas não tem fundamentação e que não passam de um discurso de campanha. “Esse sofisma, esses falsos argumentos são muito cansativos, isso é bom para campanha política e não para quem quer ver a cidade melhorar”, declarou.

Áudios

Deixe o seu comentário!