O vereador e líder do governo no Legislativo, Fabiano Piccoli (PSB) definiu a manifestação do parlamentar e presidente do PDT, Thiago Brunet como um ataque pessoal. Piccoli procurou a Rádio Spaço FM para rebater as críticas sobre o processo de impeachment contra Claiton Gonçalves que culminou com a cassação.

Durante a reportagem que foi ao ar na manhã desta segunda-feira, 17, o vereador explicou que Brunet está tentando terceirizar a culpa. “É um fardo muito pesado que ele quer colocar nas minhas costas”, apontou. Piccoli relembrou que os processos que tramitaram na Câmara Vereadores não foram elaborados por ele.

Desta forma, ele também lembrou que foram 10 votos que resultaram no impeachment e não apenas o dele. “Nós, como seres humanos, cometemos erros, cometemos equívocos na nossa vida pessoal, mas nós temos que avançar, nós temos que aprender”, declarou.

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!