O advogado e ex-presidente do PMDB de Caxias do Sul, Guerino Pizoni, fez críticas ao governador Sartori. Ele afirma que é necessário se preocupar com saúde, educação e segurança, dando estrutura aos órgãos e construindo presídios. "Lugar de vagabundo é preso", opina.

Além disso, Pizoni destaca que o problema financeiro do estado não foi resolvido e o salário dos servidores não está sendo pago em dia. O advogado também acredita que Sartori deveria ter vendido a Corsan, o Banrisul e a CEEE. Por fim, ele ressalta que o governador deveria ter denunciado Tarso Genro, que deixou o estado nestas condições.

A entrevista foi realizada durante o programa Fim de Expediente da Rádio Spaço FM na segunda-feira, 14. Além de Pizoni, o ex-prefeito de Carlos Barobosa e pré-candidato a Câmara Federal, Fernando Xavier participou do programa. 

OUÇA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA AQUI:

Áudios

Deixe o seu comentário!