Os deputados federais Henrique Fontana (PT), Marcelo Freixo (Psol) e Fernanda Melchionna (Psol), junto a outros paralamentares, entraram com um ação popular na justiça para anular a nomeação do delegado Alexandre Ramagem como novo diretor-geral da Polícia Federal (PF).

De acordo com Fontana, o objetivo do presidente Jair Bolsonaro é desviar a finalidade da PF, transformando o órgão em político, com partidarismos.

Dessa forma, conforme o deputado, a família de Bolsonaro estará protegida. Ele ressaltou a investigação do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre divulgação de fakenews para atacar aqueles que discordam de Bolsonaro, como é o caso de alguns órgãos.

Fontana citou outras investigações sobre Flávio Bolsonaro, por exemplo. “A tentativa de Bolsonaro de asfixiar essas investigações é um claro desvio de finalidade”, comentou.

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!