O secretário de Gestão e Desenvolvimento Humano, João Alberto Sarate, pediu exoneração do cargo nesta quarta-feira, 26, em Farroupilha. A reportagem da Spaço FM recebeu a informação de que outros gestores também teriam deixado as pastas do governo, mas não se confirmou.

Ainda nesta quarta, o prefeito Claiton Gonçalves recebeu a notificação do processo de impeachment que tramita na Câmara de Vereadores. A partir desta data, ele tem 10 dias para entregar sua defesa ao Legislativo.

Sarate assumiu a pasta no final do mês de setembro de 2019, ficando no posto por cinco meses. Ele havia assumido a secretaria no lugar de Vandré Fardin, e na época afirmou que o cargo precisava de eficácia para concretizar projetos mais longos.

Em contato com a reportagem da Spaço FM, ele respondeu que está retomando seus negócios particulares que necessitam de sua atenção. Sarate também conversou com o prefeito, que compreendeu seu declínio. “O período na prefeitura foi de recíproco aprendizado. Pude contribuir e aprender com o projeto de governo. Agora trabalho em novos desafios. Sou grato pela oportunidade. Grande abraço a todos”, finalizou.

Leia Também

Deixe o seu comentário!