A senadora Ana Amélia Lemos está realizando visitas em empresas e na comunidade da Serra Gaúcha desde quinta-feira, 12. Em sua passagem por Farroupilha ela concedeu uma entrevista no programa Fim de Expediente, na qual abordou diversos assuntos como saúde, a greve dos caminhoneiros, a crise política e a fragilidade do governo Temer.

Ana Amélia também comentou sobre a lei aprovada na Câmara Federal e no Senado para dar melhores condições aos caminhoneiros e relembrou que esse problema com a classe estava sendo arrastado desde 2015. Na época a ex-presidente Dilma Rousseff ofendeu os motoristas. “Ela chamou os caminhoneiros de criminosos”, relembrou.

Durante a entrevista Ana Amélia contou que esteve reunida com o Ministério da Saúde e destacou que essa área está em alerta. Para que a situação não se agrave é preciso mudanças rapidamente. “Se em três anos não for modificado o SUS, ele vai a falência”, destacou. 

Ainda na quinta-feira a senadora participou de um jantar na Vinícola Perini e na manhã de sexta-feira, 13, visitou a empresa de calçados Grendene onde foi recepcionada pelo sócio-proprietário Pedro Grendene e pelo diretor presidente da Grendene, Rudimar Dall'Onder, além de outros diretores da empresa.

OUÇA A ENTREVISTA COM A SENADORA

Áudios

Deixe o seu comentário!