A prefeitura de Farroupilha irá comprar uma vaga na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) neonatal em um hospital de Caxias do Sul. O prefeito Claiton Gonçalves afirmou que essa vaga estará disponível aos farroupilhenses durante todo ano.

Segundo Gonçalves, o serviço custará mais de R$ 30 mil ao mês. Ele afirmou ainda que é necessário aprimorar o pré-natal. “Nós precisamos retomar algumas coisas que nós perdemos. Confiamos muito em resultados de exames, sendo que a semiótica é mais importante”, explicou.

O prefeito ressaltou ainda que atualmente há demanda. “Nós temos o resultado de uma assembleia. Eu fui ver a ata, não quer dizer que a representante do município tenha aplaudido. O que vale é o voto da maioria. Naquele momento talvez não houvesse demanda, hoje tem”, concluiu.

Recentemente a promotora de justiça, Cláudia Formolo Hendler havia apresentado documentos que comprovavam a participação de representantes do Hospital São Carlos e da Secretaria da Saúde em uma reunião com o Ministério Público, ficando decidido pela não instalação da UCI neonatal.

A prefeitura está negociando se a vaga não for utilizada quem paga o leito é o poder público. Caso contrário, quem arca com o custo é o paciente. Ele ainda contou que com a compra do leito os partos que possam apresentar riscos serão realizados na cidade vizinha. O hospital não foi definido ainda e não há previsão para a efetivação da vaga.

Ouça o áudio abaixo 

 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!