A Secretaria Estadual da Saúde está com dificuldades de fazer licitação para repassar os 10 leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) doados pelo Ministério Pùblico (MP) ao Hospital São Carlos. O motivo é a falta de empresas no processo por conta da pandemia de coronavírus.

A superintendente da instituição, Janete Toigo, pediu para a secretária da Saúde, Arita Bergmann, repassar o recurso que o hospital compraria os leitos, mas ainda não há possibilidade do governo estadual enviar R$ 1,7 milhão da compra.

Em relação à verba federal que foi enviada aos municípios gaúchos, conforme Janete, deve ter havido alguma mudança no cronograma. O Hospital São Carlos tinha solicitado o recurso que seria destinado em junho, entretanto, acabou sendo entregue adiantado.

Segundo Janete, nenhum recurso foi repassado pelo município ao hospital, embora a direção já tenha solicitado tanto ao ex-prefeito Claiton Gonçalves (PDT), como ao atual Pedro Pedrozo (PSB). “Não veio nada até agora”, contou.

OUÇA O ÁUDIO ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!