A secretária da Saúde, Rosane da Rosa comentou sobre a declaração de uma paciente com câncer de mama que esteve no Fim de Expediente desta segunda-feira, 30. A secretária esclareceu que o atendimento é acelerado em todos os processos mais delicados com alguma alteração.

Rosane comentou também sobre o trabalho desenvolvido pela Secretaria no caso de pessoas portadoras de câncer de mama. “Em relação à mamografia, temos todo um trabalho intensivo e não tem fila de espera”, afirmou.

Sobre a paciente que esteve na Rádio Spaço FM, a secretária acredita ter havido uma falha na comunicação. “Está tudo dentro do sistema informatizado. Se ela tem alguma dificuldade é importante vir nos procurar. Nós temos toda a agenda dela aqui organizada. Nesse caso pode ter tido alguma falha de comunicação”, concluiu.

A paciente Marindia de Anhaia esteve na Rádio Spaço e explicou que seu câncer era de grau dois e agora já está em quatro. “Aqui se empata muito na Secretaria da Saúde”, declarou. Ela precisava realizar uma mamografia no início de seu tratamento e até o momento não conseguiu fazer. Conforme Marindia, tem muita burocracia na Secretaria da Saúde.

Ouça o áudio abaixo 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!