O secretário de Saúde de Farroupilha, Clarimundo Grünndman e a diretora de departamento, Silvana Lima, participaram do programa Fim de Expediente desta segunda-feira, 22, e comentaram sobre o andamento da vacinação contra o coronavírus. Durante a manifestação eles acabaram se equivocando sobre a imunização de pacientes com câncer. Eles afirmaram que estas pessoas teriam prioridade, independente da idade, precisariam apresentar apenas um laudo médico confirmando serem pacientes oncológicos e que estariam aptas para serem imunizadas contra o coronavírus.

Durante a manhã desta terça-feira, 23, pela repercussão e dúvidas dos ouvintes da Spaço FM, a secretaria informou o equívoco e enfatizou que os pacientes com câncer que estão dentro da faixa etária, no momento somente nascidos em 1947 ou antes, estão sendo contemplados pela vacinação. Desta forma, o pretendente à vacinação com diagnóstico de câncer deve apresentar um laudo médico informando que pode receber a vacina.

Leia Também

Deixe o seu comentário!