O prefeito de Farroupilha, Claiton Gonçalves, em entrevista à Spaço FM, comentou porque a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ainda não entrou em funcionamento no município. Conforme o prefeito, é possível que tudo isso se deva por motivo estritamente político.

Ele suspeita que alguma sigla partidária da cidade esteja por trás, articulando tudo isso para ser usado na campanha eleitoral do próximo ano. De acordo com o gestor, ele não vê outro motivo para a não habilitação do prédio para tratar questões da saúde, haja vista que UPAs de todo o Brasil foram liberadas, menos Farroupilha. "Farroupilha ainda mantém essa reserva já tendo passado pelo Sistema de Informações de Beneficiários (SIB), e tendo o aplauso de todos os órgãos colegiados necessários”, ressaltou.

A UPA foi inaugurada em 11 de dezembro de 2016, data de aniversário do município, mas até hoje não entrou em funcionamento.

Diante dessa realidade, e com a intenção de instalar naquele local um centro de atendimento à saúde da mulher, Claiton garante que tomará um decisão de forma intempestiva. "O prefeito vai arrombar aquela porta e vai botar lá seu equipamento”, concluiu.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!