O Spaço Livre deste sábado, 3, teve como convidada a enfermeira Soraia Arruda. Ela é formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), mestre em gastroenterologia e hepatologia e atua como coordenadora do Programa de Transplante Hepático Adulto do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. A profissional contou sobre sua trajetória cheia de dedicação até chegar ao cargo que ocupa hoje, e como é o seu dia a dia. 

Um dos assuntos abordados foi o transplante de fígado e como isto pode ser tratamento para uma série de doenças. Conforme Soraia, atualmente 150 pessoas estão em lista de espera para transplante de fígado no Rio Grande do Sul e apenas 30% são atendidas. "Existe seis vezes mais chance da gente precisar de um órgão do que ser doador", explica. Além disso, ela comentou que um terço da população mundial tem o vírus da hepatite C e, por isso, ela indica que seja feito o exame principalmente por quem está acima dos 40 anos. Durante o programa também foram esclarecidas dúvidas dos ouvintes sobre listas de espera, febre amarela e cirrose.

Ouça o programa na íntegra.

Deixe o seu comentário!