A mãe de Kauan Machado, Marli Cardoso, em entrevista para a Rádio Spaço FM, pediu auxílio na vaquinha online para continuar o tratamento experimental da imunodeficiência do menino de 15 anos. Conforme a mãe, o medicamento começou a dar resultados. “Dentro do possível ele está se mantendo”, destacou.

Marli ressaltou que o transplante de medula somente será realizado quando não houver alternativas ou quando for localizado um doador 100% compatível. Ela ainda agradeceu todos que apoiaram e fez um apelo para a comunidade continuar ajudando com as doações.

medicamento que o garoto necessita é importado da Alemanha e custa R$ 7 mil por mês. Kauan está internado em um hospital de Porto Alegre há mais de um ano após ser diagnosticado com a síndrome hiper-IgM, que afeta o sistema genético, não produzindo defesa no organismo. Para realizar a doação de qualquer valor acesse: www.vakinha.com.br/campanha-um-ato-de-amor-kauan.

Confira a entrevista abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!