O diretor do Pró-saúde, Márcio Guilden, explicou que os médicos devem cumprir horários nos postos de saúde em Farroupilha, conforme estabelecido em contrato, com exceção de alguma emergência. Na manhã desta quarta-feira, 19, um ouvinte reclamou que havia falta de médicos nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Guilden esclareceu que por conta de alguns profisssionais estarem de férias, houve remanejo para não deixar a população desassistida. “A maioria deles tem contratos com outros locais. É necessário essa compreensão. A nossa linha de trabalho é garantir o bom atendimento, garantindo serviços essenciais e básicos com uma equipe qualificada”, explicou o diretor.

Segundo Guilden, pode ser que em algumas UBSs haja médicos em período de férias, entretanto, os serviços básicos estão sendo atendidos. Em muitos casos há remanejos entre os profissionais para a população não ficar desassistida. “O serviço como um todo, as unidades próximas a gente dá o suporte a partir da demanda de cada local”, argumentou.

OUÇA O ÁUDIO ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!