A ex-diretora técnica do Hospital São Carlos, Eleonora Broilo, participou do Fim de Expediente desta sexta-feira falando sobre os problemas no Hospital São Carlos. Ela revelando que ainda há rusgas com a administração, ligada à prefeitura. Eleonora relata que os funcionários não estão mais se “sentindo em casa”, não demonstrando satisfação com a situação da entidade. Medicamentos também já estariam em falta. Para ela, o hospital ainda faz parte da prefeitura. Há funcionários que pertencem à gestão municipal que estariam com salários atrasados.

A ex-diretora, que se vê uma persona non grata da administração municipal, fala sobre a relação ruim com a prefeitura. Ela questiona as palavras do prefeito Claiton sobre a liberdade de expressão em Farroupilha: “Quando alguém fala algo contra a opinião da administração, contra qualquer coisa que eles tenham dito, a represália que vem em seguida é desproporcional e constrangedora”. Por esse motivo, muitas pessoas estariam se poupando de se expor, para evitar represálias da administração municipal, relata a doutora.  
Confira a manifestação completa no áudio abaixo.

Áudios

Deixe o seu comentário!