No Fim de Expediente desta sexta-feira, os vereadores Arielson Arsego, Nego Arrosi e Maristela Pessim replicaram as declarações do médico Thiago Brunet, obstetra apontado como ausente quando devia estar cumprindo plantão na terça-feira, no Hospital São Carlos. Os parlamentares afirmaram que fiscalizaram sim – algo que foi criticado por Dr. Thiago – o trabalho do médico, já que o hospital envolve recursos públicos. Tetela garante que procurou o médico por duas vezes para conversar sobre sua falta. Ausente por motivos pessoais, os peemedebistas criticaram o obstetra por não ter deixado um substituto, pois conforme foi relatado aos três na portaria da casa de saúde, Thiago teria deixado um número de uma médica para caso ocorresse alguma emergência. 

Áudios

Deixe o seu comentário!