Após ficar em falta, a vacina pentavalente voltou aos postos de saúde de Farroupilha. Conforme o secretário da Saúde, Davi de Almeida, o município recebeu 250 doses na primeira quinzena de janeiro, as quais foram repassadas para as Unidades Básicas de Saúde (UBS).

A imunização, que estava em falta no país, começa a normalizar, mas ainda requer uma atenção especial. A vacina é disponibilizada em três doses e é obrigatória para crianças de dois, quatro e seis meses de idade, protegendo de doenças como meningite, difteria, tétano, coqueluche e hepatite B.

Segundo Davi, o número de doses não é o suficiente para atender a demanda, mas há informações que o Ministério da Saúde enviará mais doses nos próximos dias.

O secretário alertou os pais para a importância de manter a carteira de vacinação dos filhos em dia e orientou a procurarem os postos de saúde mais próximos para esclarecerem dúvidas.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!