A direção do Hospital São Carlos de Farroupilha comentou sobre a situação da instituição nesta segunda-feira, 29, em relação aos atendimentos de pacientes com coronavírus. A entrevista foi concedida durante o programa Fim de Expediente e teve a participação da superintendente-geral, Janete Toigo, do diretor técnico Leonardo Bruttomesso, da integrante do conselho da instituição, Elisabete Bartelle Laybauer e do coordenador de suprimentos, Volnei Cousseau.

Durante a explanação, Janete destacou que no momento a instituição atende 49 pacientes diagnosticados com o vírus. Deste número, 24 estão internados em leitos de UTI. Para a superintendente o momento é um pouco mais tranquilo do que o início do mês de março, onde a casa de saúde tinha 74 pacientes internados com a doença. “Está menos pior que na semana retrasada”, definiu.

Ela também alertou sobre as dificuldades para a aquisição de insumos. O responsável pela compra dos produtos, Volnei Cousseau destacou que alguns produtos tiveram 1.100% de aumento. Sobre o kit intubação ele salientou que já esteve reunido com outros hospitais para tentar adquirir os cerca de 30 medicamentos através de importadoras. Brutomesso destacou que a casa de saúde trabalha com planos A, B e C para suprir estas necessidades. Ele também alertou que não é possível prever uma falta destes produtos, mas existe um estoque importante para suprir as necessidades.

OUÇA A ENTREVISTA NO ÁUDIO ABAIXO

Áudios

Deixe o seu comentário!