O deputado federal Jerônimo Goergen (PP) comentou sobre a possibilidade de um quadro econômico mais agravado no Rio Grande do Sul em razão da covid-19.

Conforme o deputado, a solução apresentada pelos governos federal e estadual no sentido de achatar a curva da doença, não foi suficiente.

Para ele, o pico da curva tende a aumentar no estado gaúcho pelo fato de passar por um inverno rigoroso, onde naturalmente os hospitais ficam superlotados por outras enfermidades relacionadas às próprias condições climáticas.

O parlamentar ressaltou que o governo orientou a população para ficar em casa para organizar os hospitais e o que se percebeu é que isso não foi feito de maneira adequada.

Goergen acredita que a estrutura hospitalar não está preparada para a pandemia e, somada ao inverno, agrava ainda mais. “Nos encaminhamos para ter uns meses pela frente onde seguindo a política atual de distanciamento e fechamento dos estabelecimentos do comércio, nós poderemos encaminhar o Rio Grande do Sul todo para uma bandeira preta”, alertou.

O deputado elogiou o esforço do governador Eduardo Leite no sentido de diminuir o efeito do vírus na saúde pública, mas entende que a economia não deve ser colocada em segundo plano. “O governo precisa ter um olhar de convívio com as questões econômicas”, ressaltou.

Confira no áudio abaixo:

Áudios

Deixe o seu comentário!